Artigos Internacionais

Porque o tratamento da astrologia é uma forma de discriminação

por Lee Lehman

Em 1989, houve a conferencia da UAC em Nova Orleans, e um pouco antes de começar, houve uma reunião para a imprensa, o que é muito usual de acontecer nas nossas conferencias astrológicas. A imprensa estava em parte representada pelo New Orleans Times. Bem, muitos astrólogos, na época mais antigos do que eu,  apresentaram muitos pontos interessantes sobre astrologia, os quais eu não me lembro agora, mas que tenho certeza eram muito interessantes. E num certo momento, quando muitas colocações já haviam sido feitas sobre astrologia, um dos repórteres levantou e disse:

Bem, se o que vocês dizem é verdade, por que é que a astrologia é ridicularizada por tantas pessoas, inclusive pelos cientistas?”

SAIBA +

A Astrologia e a Nova Física: Integrando a Ciência Sagrada e Secular

por William Keepin

"Nosso primeiro palestrante desta manhã será William Keepin, com quem tive o prazer de conversar há alguns anos atrás por cerca de um dia a um dia e meio aproximadamente. Foi uma das conversas mais significativas que tive na minha vida. Basicamente, temos aqui um ‘convertido’: William é Ph.D. em física e fez inúmeras importantes contribuições ao estudo da física moderna. Ele não é alguém que, sendo um mau físico, resolveu partir para a metafísica. Ele é um Ph.D. que, após ter se dedicado muito à sua especialidade, decidiu que era necessária uma busca metafísica, estando agora envolvido em relacionamentos entre conceitos ambientais e espiritualidade. Isto não é exatamente o que tem sido ensinado nos setores de física das escolas de graduação, embora a física de hoje em dia esteja como que apontando nessa direção. E William é um dos primeiros entre um número crescente de pessoas que cruzou a linha e uniu-se a nós, pessoas consideradas estranhas para a civilização moderna."

 WILLIAM KEEPIN:
"Agradecido, Bob, por esta brilhante introdução. É maravilhoso ser apresentado como um convertido. Na verdade, a última coisa que eu poderia imaginar até uns seis anos atrás seria estar dando uma palestra num simpósio sobre astrologia. Fui treinado como um cientista em física e matemática. Apesar de sempre ter estado aberto para algumas coisas, tais como expansão da consciência e conceitos budistas de nirvana e shunyata, a mais absoluta das insignificâncias para um cientista rigoroso é a astrologia. O que é verdadeiramente interessante, pois sinto agora que é precisamente na área da astrologia onde a ciência poderá vir a ter uma das maiores aberturas nas próximas décadas e séculos, dependendo de quanta resistência for encontrar. O que desejo fazer hoje é sublinhar uma "intimação" dessa possibilidade.

SAIBA +

Uma Introdução à Astro-Psicologia - por Glenn Perry, Ph. D.

por Glenn Perry

Há alguns anos atrás Christine Shulter da rede de televisão A&E, me entrevistou para um programa chamado “O Inexplicável”. Eles queriam fazer um trabalho sobre astrologia. Embora a maioria das minhas respostas às suas perguntas  tenham sido cortadas do vídeo, elas ficaram gravadas em fita. O que se segue é uma transcrição daquela entrevista, que dá uma ótima introdução a minha atual maneira de ver a psicologia astrológica.

 O que é astrologia e como ela se difere daquilo que você chama de astro-psicologia?

SAIBA +

O futuro da astrologia reside na compreensão do seu passado

por Robert Hand

Gostaria de começar por lhes dar um pouco de história. No Renascimento, que basicamente pode ser datado a partir de meados de 1400 até por volta de 1600, as várias disciplinas da Europa começaram a redescobrir as obras que compunham seu passado de Grécia e Roma antigas. Na verdade, eles tinham bastante material romano, mas perderam o material grego, porque a partir da queda de Roma no Ocidente, havia muito pouca compreensão da língua grega no mundo ocidental. De repente os filósofos começaram a readquirir Platão. Eles tiveram Aristóteles por algum tempo. Os matemáticos começaram a readquirir Euclídes e Arquimedes e os clássicos começaram a readquirir vários autores gregos e latinos. Houve uma tremenda redescoberta das antigas raízes das disciplinas antigas que existiam na época.

SAIBA +

Homossexualidade: Causas Determinantes

por Lee Lehman

O objetivo desta palestra não é tanto o de falar sobre a homossexualidade, mas sim de usar o assunto homossexualidade para falar sobre como não se fazer pesquisa. A razão pela qual eu estou usando a homossexualidade como um exemplo ao invés de outras áreas de interesse pessoal é que ele é um exemplo maravilhoso de como não se fazer pesquisa astrológica. A homossexualidade foi um tópico ligeiramente controverso ao longo do século passado. Antes do século passado, era um assunto inominável, assim, na verdade, isso já é uma melhora.

SAIBA +

A arte da antecipação

por Roxana Muise

A antecipação do futuro sempre foi, e sempre será uma poderosa força motivadora. É uma força motriz em todos os níveis de existência. Atualmente, as regras em torno da antecipação e como ela é percebida pela sociedade estão em processo de mudança.

Recentemente, um processo foi arquivado por sobreviventes dos ataques do 11 de setembro de 2001 nos Estados Unidos contra as companhias aéreas e fabricantes de avião, porque ambos deveriam ter antecipado que as portas da cabine eram frágeis e provavelmente seriam violadas levando aviões a serem utilizados como possíveis armas de destruição.

SAIBA +

Personalidades sociopáticas/assassinos em série

por Joanne Wickenburg

Entrei neste projeto de pesquisa por acaso, tendo quase todos os meus planetas do lado poente do mapa, quase tudo em que eu entro é meio por acaso.

Em relação à pesquisa estatística, eu sou uma novata, e até um pouco ingênua no que diz respeito a todo o processo de pesquisa estatística. Como esse pequeno acaso começou foi em um dia que meu telefone tocou e era um detetive da Divisão de Homicídios do Departamento de Polícia de Seattle. Ele queria que eu visse alguma coisa, queria me falar sobre um assassinato que acabara de acontecer na região de Seattle, que parecia ser o nascimento de um novo assassino em série. Então eu disse: "Claro, vamos lá". Eu não tinha idéia do que procurar já que era um caso de um assassino em série. Eu já tive um grande interesse em romance policial, então eu pensei que isso poderia ser interessante, na pior das hipóteses.

SAIBA +

DONALD TRUMP: HIS PROBLEMS WITH WOMEN - Chart Analysis - Part 1

por Márcia Ferreira Silva

In Trump's chart we can see the origins of his problems with women and the oppression towards them through the analysis of his Anima, Animus and Shadow.

SAIBA +

DONALD TRUMP: HIS PSYCHOPATHOLOGY - Chart Analysis - Part 2

por Márcia Ferreira Silva

We can make a correlation in Trump’s chart analysis with two widely known Personality Disorders in psychiatry: the Narcissistic Personality Disorder and the Antisocial Personality Disorder.

SAIBA +

Copyright © - Todos os Direitos Reservados - Astrologia CEAP © 2011-2017 - Telefone: (19) 3258-8342 - E-mail: contato1@astrologiaceap.com.br