Artigos Nacionais

Como compreender corretamente a Astrologia

por Márcia Ferreira Silva

Todas as vezes que mencionamos a palavra Astrologia, o que aparece mais comumente na mente das pessoas é algo ligado a uma adivinhação, a uma crença nos astros ou em algo sobrenatural, como se estivéssemos sob o poder de forças cósmicas e, portanto, impotentes.

De imediato também vem uma desconfiança do tipo: "como posso acreditar" nessa idéia maluca, de que sou influenciado pelos astros?" Como se a questão toda girasse em torno de se ter ou de não se ter uma crença ingênua.

SAIBA +

O que é Astrologia Psicológica?

por Márcia Ferreira Silva

A designação do nome Astrologia Psicológica serve para delinear a proposta de estudos e de trabalho do C.E.A.P., pois assim como em muitas áreas do conhecimento humano, dentro da Astrologia também existem diversas 'linhas', ou seja, diversas formas de se encarar e de se trabalhar o mesmo objeto de estudo.

Na própria Psicologia encontramos diferentes linhas de abordagem, tais como: Gestalt, Behaviorismo, Psicanálise, Psicologia Junguiana, Rogeriana, Bioenergética. Ainda, dentro da psicanálise em si, encontramos as subdivisões em: Psicanálise Freudiana, Kleiniana, Lacaniana, Bion, só para citar alguns exemplos. Todas se referem ao mesmo objeto de estudo: a alma humana, porém vista e analisada sob diferentes óticas e se utilizando de ferramentas diversas para se atingir o mesmo fim.

SAIBA +

A Síndrome dos 27 anos - Psicanálise e Astrologia¹

por Luiz Roberto Delvaux de Matos

Freud para explicar as formações do inconsciente distinguiu dois processos: o Primário, de ordem inconsciente e o Secundário, de ordem pré-consciente/consciente. O primeiro é regido pelo princípio do prazer-desprazer e o segundo, pelo de realidade.²

O princípio do prazer, isto é, do padecimento mínimo pela evitação do desprazer, só cumpre sua função reguladora ao se submeter ao princípio de realidade. Somente o desvio por este e somente a recusa que ele impõe permitem ao princípio do prazer não descambar, conforme sua própria inclinação, para o excesso ou a falta, isto é, para a dor – senão de imediato, pelo menos num prazo maior ou menor, segundo sua finalidade, ao mesmo tempo natural ou normativa.

SAIBA +

ASTROLOGIA KARMICA OU NOS QUE AQUI ESTAMOS POR TI ESPERAMOS

por Anna Maria Costa Ribeiro

Quando dei uma palestra no evento da Gaia em jul/11 vi um  excelente e tenebroso filme documentário com o título mortífero acima. Gostei. Eis uma síntese da minha palestra:

Os objetivos da Astrologia Karmica são:

1. Currículo cósmico:
A sua vida meu bem, é como um livro. Hoje v. está no capítulo 1001, as Vidas Passadas/VP são os capítulos anteriores e as Vidas Futuras são os seguintes. V. pode programar sua vida futura, como eu já fiz e não vou dizer. Comece desde hoje se movimentando para o tal futuro. Assim, se v. quer ser um viajante , comece a ver o NatGeo, a atravessar a barca para Niteroi, dar uma passadinha na cidade mais próxima, ler sobre outros locais,etc.

SAIBA +

O MAPA PROGREDIDO SECUNDÁRIO

por Celisa Beranger

Mapa Progredido Secundário é o desenho das posições progredidas calculadas para uma determinada data.

A Progressão Secundária é a única que dá origem a um mapa que pode ser interpretado, uma vez que, dentro do contexto simbólico - um dia equivale a um ano - o movimento dos planetas e das cúspides é real e pode constituir um mapa.

SAIBA +

As Diversas realidades e a Astrologia

por Elizabeth Nakata

No Castelo de Chambord, no Vale do Loire (França), a escada principal foi projetada por Leonardo da Vinci. Uma escada nem sempre é apenas uma escada, e essa é especial. Ela tem o formato da hélice dupla do DNA, e isso significa que tem duas escadas entrelaçadas, duas entradas opostas, e se duas pessoas iniciarem a subida ao mesmo tempo, uma em cada entrada, chegarão ao topo sem jamais se encontrar.

SAIBA +

Plutão – o mestre da integração

por Regina N. Consoline

Plutão tem um ciclo completo de 245 anos, passando de 12 a 32 anos por signo. Considerando este tempo os aspectos mais importantes conseguidos são: o sêxtil, a quadratura e o trígono com ele mesmo.

Em trânsito nunca poderá perfazer as 12 casas, transitando de 3 a 5 casas em média, de acordo com os signos em questão, se são de curta ou longa .

SAIBA +

PROGRESSÕES VERSUS TRÂNSITOS

por Celisa Beranger

A diferença básica entre os Trânsitos e as Progressões reside no fato de que os Trânsitos são movimentos em tempo real, enquanto nas Progressões o tempo é simbólico. Portanto os Trânsitos apresentam o céu em movimento rápido enquanto nas Progressões o movimento é lento.

As Progressões são consideradas por muitos como interiorizadas ou subjetivas, enquanto os trânsitos são vistos como responsáveis pela expressão no mundo dos processos  internos gerados pelas Progressões.  Mas não é assim que as coisas acontecem.

SAIBA +

LILITH - Um lado “obscuro” materno ou um impulso primitivo negligenciado?

por Daniela Rossi

 

Muito se fala a respeito de Lilith e de seu aspecto sensual-magnético, fascinante e ao mesmo tempo temerário: uma parte sombria da natureza humana presente em todos nós e herdada, principalmente, dos mitos judaico-cristãos constantemente presentes em nosso inconsciente coletivo.

No entanto, pouco se lê ou se encontra publicado a respeito de seu simbolismo astrológico e interpretativo dentro de uma análise que fuja das características primordiais incutidas justamente por nossa herança judaico-cristã e impregnadas de fatores malignos, demoníacos e negativos a esse respeito, especialmente os sexuais.

SAIBA +

Quíron, metanóia e consciência

por Marco Aurélio T. Fernandes

O ser humano tem uma estrutura constitutiva muito complexa. Além da sua constituição do ponto de vista energético, podemos citar diretamente a constituição do ponto de vista bio-fisiológico, com a imbricação do funcionamento dos sistemas orgânicos, nervosos, do endócrino e do imunológico; a complexidade desse ‘organismo vivo’ (como um todo) nos permite perceber e expressar como e quanto é complicada a questão do ego versus a possível consciência de si, ao alcance do indivíduo como tal.

SAIBA +

TRABALHANDO A ENERGIA DE VÊNUS

por Inez Cassoli e Maura Lanari

Astronomicamente, Vênus nunca está muito longe do Sol e situa-se dentro da órbita da Terra comoa nos advertir lá do céu que não basta viver (Sol), é preciso VIVER BEM (Sol + Vênus).

Astrologicamente, Vênus é um planeta pessoal e rege dois signos Touro (signo de Terra) e Libra(signo de Ar). A mesma função opera energias de elementos diferentes – Terra e Ar e faz com que aspectosda nossa vida material e de nossos relacionamentos se entrelacem e se complementem. A finalidade étermos prazer, conforto, amor e felicidade.

SAIBA +

O AMOR NOS TEMPOS DE URANO EM ÁRIES

por Márcia Mattos

Se acompanharmos a trajetória de Urano desde a sua passagem pelo signo de Câncer e escolhermos um único tema como observação – o amor / os relacionamentos – teremos uma privilegiada visão panorâmica do que aconteceu com o amor nas últimas gerações.


As pessoas se dizem perplexas, desapontadas e perdidas nesta área. Perguntam - se, “o que aconteceu?” “As coisas mudaram...” - repetem elas. Claro que mudaram. Está tudo diferente inclusive na área dos relacionamentos. Afinal Urano – o mestres das rupturas e renovações, o mais revolucionários dos planetas já atravessou desde então 9 signos e algumas gerações.
Lembramos que Urano atravessa cada signo em 7 anos.

SAIBA +

Entrevista concedida à faculdade de psicologia PUC – RS

por Márcia Ferreira Silva

Entrevista concedida à faculdade de psicologia PUC – RS 

Entrevista para: Cadeira de Fundamentos Epistemológicos e Históricos da Psicologia – Prof. Carlos Veit 
Entrevistadora: Vera Lúcia Coelho – aluna de graduação
Entrevistada: Márcia Ferreira Silva – psicóloga e diretora do C.E.A.P.


I) Qual a principal colaboração que a astrologia tem a acrescentar a um todo?

A leitura de um Mapa Natal pode trazer inúmeros insights: desde escolha vocacional, questões sobre relacionamentos, diagnósticos de problemas de saúde, quais os melhores momentos para alguma tomada de decisão, etc... além de tudo isso, a pessoa pode perceber questões inconscientes nela mesma que estavam totalmente desconhecidas, e como sabemos, tudo o que é desconhecido e inconsciente, fica atuando de maneira mais repetitiva e automatizada em nossa vida

SAIBA +

Astrologia: um breve histórico

por Márcia Ferreira Silva

Algumas pesquisas arqueológicas realizadas na Índia levaram à descoberta de fragmentos ósseos datados de 23.000 anos contendo marcas semelhantes a tabelas planetárias, portanto, podemos falar do início do conhecimento astrológico com mais de 20.000 anos.

Porém, é a partir da Mesopotâmia (+ de 2.000 A.C.) que aparecem os primeiros registros astrológicos propriamente ditos, ou seja, há mais de 4.000 anos. Este conhecimento dos povos antigos partiu da observação da relação dos eventos celestes com os acontecimentos terrestres.

As civilizações naquela época eram essencialmente agrícolas e a observação dos fenômenos celestes se mostrou muito útil para prever, por exemplo, qual seria a melhor época para plantios, ou em que época haveriam enchentes. Os eclipses, por ex., eram tidos como maus presságios. Determinada posição do planeta Marte deflagrava guerras; o ingresso do sol na constelação de Áries delimitava o início da primavera e então percebiam que era um tempo propício às plantações, e assim por diante.

SAIBA +

O deus Úrano e suas consequências psico-astrológicas

por Luiz Roberto Delvaux de Matos

O deus Úrano é o filho de Géia na “Teogonia” de Hesíodo e representa a personificação do céu, enquanto elemento fecundador de Géia (a Terra). Com Úrano, a deusa-mãe Terra teve os seis Titãs, as seis Titânidas, as três Ciclopes e os três Hecatonquiros. Entretanto, tão logo nasciam os filhos, o deus Úrano os devolvia ao seio materno, certamente temendo ser destronado por um deles. Géia, curvada com tanto peso e sentindo-se esgotada com o abraço sem tréguas do esposo, pediu aos filhos que a libertassem da opressão e da fecundidade inesgotável do marido.

SAIBA +

Eclipses de Vênus

por Elizabeth Nakata

Quando falamos de Vênus, imediatamente surge a ideia de perfeição, beleza, equilíbrio das formas. Ao examinarmos a órbita desse planeta ao redor do Sol, verificamos que ela forma um círculo quase perfeito, diferentemente dos demais planetas, que apresentam órbitas elípticas mais excêntricas. Mais adiante veremos outras relações de perfeição e equilíbrio, nos demais padrões formados pelo caminhar de Vênus no universo.

SAIBA +

DONALD TRUMP: SEUS PROBLEMAS COM AS MULHERES - Análise do Mapa Parte 1

por Márcia Ferreira Silva

É muito interessante como através do Mapa Natal, podemos ter tantas informações sobre uma personalidade. No caso de Trump vamos ver como se origina o seu problema com as mulheres e sua necessidade de opressão do feminino através do estudo de sua Anima, Animus e Sombra.

SAIBA +

DONALD TRUMP: SUA PSICOPATOLOGIA - Análise do Mapa Parte 2

por Márcia Ferreira Silva

Se estabelecessemos uma classificação dos transtornos de personalidade em relação ao mapa de Trump, sua classificação recairia em dois transtornos de personalidade amplamente conhecidos pela psiquiatria: o Transtorno de Personalidade Narcisista e o Transtorno de Personalidade Sociopático.

SAIBA +

Copyright © - Todos os Direitos Reservados - Astrologia CEAP © 2011-2017 - Telefone: (19) 3258-8342 - E-mail: contato1@astrologiaceap.com.br